IPVS2022 abordará tripé fundamental para melhorar a rentabilidade na suinocultura

 Painéis trarão temas relacionados a biosseguridade, produtividade e inovação, assuntos que alicerçam a produção de suínos no mundo


Com os altos custos de produção, provenientes principalmente dos insumos utilizados na fabricação de rações, a eficiência no sistema de produção é essencial para gerar saldos positivos nas granjas. Neste cenário, a melhor maneira de se obter sucesso  é a utilização de inovações, para diminuir custos e melhorar os índices de produção .

Para garantir a eficácia do cadeia produtiva, o amplo conhecimento  do sistema de produção e do mercado é essencial para a’1 obtenção de sucesso . A suinocultura apresenta  um sistema de produção majoritariamente intensivo, onde a tendência mundial pressiona para adoção de ações que visem o bem-estar dos animais, sendo a integração entre infraestrutura, manejo, nutrição e sanidade imperativa para a obtenção de bons resultados produtivos.

Pensando nisso, a comissão científica do IPVS2022, debateu intensamente sobre os temas mais prementes e importantes para a suinocultura mundial. Tais temas consideram particularmente o cenário mundial em relação a enfermidades reemergentes como a Peste Suína Africana,  o uso prudente de antimicrobianos, inovações relacionadas a vacinologia e produção, e finalmente doenças de importância reconhecida como PRRS, Influenza A, Peste Suína Clássica, Streptococose e Mycoplasmoses.

De acordo com o Diretor do Comitê Científico IPVS2022 Roberto Guedes, a rápida evolução do setor não interferirá na originalidade do cronograma. “O mercado suinícola mundial é bastante dinâmico e se modifica com  frequência, porém o programa científico foi elaborado considerando as grandes demandas e desafios do mercado mundial de suínos. Dessa forma, acredito que a grade do evento esteja abrangente e atenderá aos interesses da comunidade técnica e científica mundiais”, afirma.

Para a Diretora de Biosseguridade IPVS2022 e Auditora Fiscal Federal do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA), Lia Treptow Coswig, o tema do IPVS2022 remete ao conjunto de medidas adotadas pelas empresas e pelo setor público para evitar a entrada de doenças nos países ou para atuar no controle e erradicação de doenças presentes. “Novas tecnologias, diagnósticos e medidas de prevenção serão apresentadas e discutidas por palestrantes e nas apresentações de trabalhos científicos”, informa.

Segundo Lia, estar atento à sanidade do plantel é preservar a atividade, que é uma das principais commodities de exportação de muitos países, e é também a fonte de alimentação da população local para outros. “Discutir biosseguridade envolve  aspectos sanitários não apenas para  suínos, mas  também a saúde única,  englobando todo o ambiente. A produção de carne suína, baseada em segurança alimentar ao final do processo, inicia coma utilização de insumos veterinários e de alimentação de qualidade”, pontua.

 

Pré-Congresso

Uma das sessões do Pré-Congresso é o painel de reprodução, cuja moderadora Fernanda Almeida, médica-veterinária e presidente do Congresso, irá conduzir as discussões sobre o tema “A base da eficiência reprodutiva: da ciência para a prática”. Os palestrantes serão Jennifer Patterson, da Universidade de Alberta (Canadá); Johannes Kauffold, da Universidade de Leipzig (Alemanha), Stefan Björkman da Universidade de Helsinki (Finlândia) e Chris Kuster, da Kuster Research and Consulting (EUA).

Em outra sessão do Pré-Congresso, será abordado o tópico “O uso de antimicrobianos e sua resistência nos suínos”. Neste painel, participarão o professor Jeroen Dewulf, da Universidade de Ghent (Bélgica); Maria José Hötzel, da Universidade Federal de Santa Catarina (Brasil); Locke Karriker, da Universidade Estadual de Iowa (EUA) e Ulf Magnusson, da Universidade Sueca de Ciências Agrárias (Suécia).

A terceira sessão do Pré-Congresso, intitulada “Reposta imune de mucosa e vacinologia”, contará com Eduardo Cobo, da Universidade de Calgary (Canadá); Heather Wilson, da Universidade de Saskatoon (Canadá) e Rafael Frandoloso, da Universidade de Passo Fundo (Brasil).

Nutrição será o tema central da quarta sessão do Pré-Congresso “Imunologia via nutrição”, que contará com a presença de Siska Croubels, da Universidade de Ghent (Bélgica), Paulo Henrique Campos, da Universidade Federal de Viçosa (Brasil) e John Pluske, do Instituto de Pesquisa Australasiano de Suínos (Austrália) para enriquecer o debate.

A “Peste Suína Africana: Inovações para controlar” será um dos temas de destaque na programação da quinta sessão do Pré-Congresso.  Esta contará com a participação de José Manuel S. Vizcaíno, Universidade Complutense de Madrid (Espanha); Manuel Borca, do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA); de Christian Gortazar, da Universidade de Castilla-La Mancha (Espanha) e Carmína Gallardo, do Centro de Investigação em Sanidade Animal (Espanha).

A sexta sessão do Pré-Congresso será voltada para o agronegócio, sendo uma novidade nos congressos da IPVS. Nesta sessão, será abordada a “Produção de suínos numa perspectiva da agroindústria", e contará com a colaboração de personalidades do setor empresarial. Assim, o IPVS2022 sai na frente mostrando que há inovação em todos os âmbitos da cadeia produtiva.

Para Guedes, os congressos da IPVS são o grande momento de integração e socialização da comunidade científica mundial que trabalha com suínos e está em busca de informações e troca experiências. “Após um período de dois anos de pandemia global, essa oportunidade é ainda mais aguardada. Ou seja, os conhecimentos represados nos últimos 4 anos ganham agora um espaço para a sua divulgação, atendendo às demandas da comunidade internacional”, indica.

De acordo com a Presidente do IPVS2022, Fernanda Almeida, o congresso é uma oportunidade ímpar para os profissionais do setor. “Estamos falando de um momento em que as principais soluções para o setor estarão reunidas em um só lugar, ao acesso de todos. Esta responsabilidade que os congressos da IPVS trazem ao longo de suas edições se reafirma com mais este evento, que promoverá debates de altíssimo nível”, encerra.

 

Inscreva-se

Inscrições para quem desejar participar de forma presencial somente no local do evento. Para participar de forma online, a inscrição poderá ser feita no site do evento.

Acesse: www.ipvs2022.com

 

Somando forças com o IPVS2022

O IPVS2022 conta com o apoio das principais entidades da suinocultura brasileira, como: Associação Brasileira de Veterinários Especialistas em Suínos (Abraves), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa Suínos e Aves, Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Associação Brasileira das Empresas de Genética de Suínos (ABEGS), Sindicarne-SC e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

O IPVS2022 tem como Partner as empresas Boehringer-Ingelheim, Farmabase, Hipra, MSD e Zoetis. Na categoria Supporter, temos a presença da Ceva e Elanco. As empresas Agroceres PIC, Biofarma, DB-Dan Bred, Idexx, Ourofino, Pharmacosmos, Sanphar, Trouw Nutrition, Vetanco e Virbac formam o grupo dos patrocinadores Platinum e no grupo Gold temos Crystal Spring, Magapor, Microvet, Phytobiotics, Thermo Fisher, Tonisity, VetScience, Vetoquinol, Lanxess, BioChek e Apha Scientific. Além destas, as empresas Adisseo, Boehringer-Ingelheim e ICC patrocinam o Pré-Congresso do IPVS2022.

O evento apresenta como parceiros de mídia os veículos 333 Brasil, 333 Internacional, Academia Suína, Ediciones Pecuarias/Acontecer Porcino, Engormix, Feed & Food, Maiz Y Soya, MAP, O Presente Rural, Pig Progress, Piscishow e Avisuleite, Suíno Brasil, Suino.com, Suinocultura Industrial, SuiSite, Veterinária Digital e Globo Rural.

 

SERVIÇO

IPVS2022 - International Pig Veterinary Society Congress

21 e 24 de junho de 2022

Evento híbrido – Rio de Janeiro / Riocentro Convention & Event


Sobre a IPVS

A IPVS - International Pig Veterinary Society é uma associação de médicos veterinários especialistas em sanidade e produção suína. Foi fundada em 1967, e já realizou outras 25 edições deste importante evento.

De acordo com a IPVS, os seus objetivos são: realizar congressos internacionais para a troca de conhecimentos relacionados à sanidade e produção suína; formar médicos-veterinários especializados em suinocultura em todos os países produtores de suínos, bem como promover cooperações entre as entidades produtoras.


Postar um comentário

0 Comentários