Pecuária de leite: do que não posso abrir mão durante períodos críticos de mercado?

 Conheça quatro dicas para o sucesso na produção leiteira em períodos críticos, como o enfrentado pela atividade atualmente

O momento na pecuária de leite é de cautela, trazendo à tona o tema de planejamento nas propriedades, fator que oferece ao pecuarista a oportunidade de se preparar para os possíveis obstáculos que podem surgir ao longo do projeto e, principalmente, definir uma meta e os caminhos que pretende seguir para alcança-la.

Na pecuária de leite esse planejamento é ainda mais importante, pois o sucesso e a lucratividade da atividade dependem do conhecimento e preparação adequada de todo o processo produtivo, que resultarão em bons resultados para a fazenda.

“Em períodos desafiadores, é fundamental que o pecuarista tenha o planejamento da propriedade muito bem desenhado, definindo suas prioridades, com bons critérios de segurança. Garantir uma nutrição que tenha o aporte ideal de minerais é uma boa estratégia para manter a saúde e reprodução das vacas em lactação, as grandes provedoras da propriedade”, destaca a médica-veterinária e Coordenadora de Produtos da Connan Júlia Marques.

Segundo ela, danos causados por uma “economia” no suplemento mineral podem ser prejudiciais e de difícil recuperação, elevando índices de problemas de casco, perdas na reprodução, aumento de CCS e quadros de mastite.

Pensando nestes pontos fundamentais, a médica-veterinária listou quatro 4 dicas fundamentais para garantir o sucesso e uma boa passagem por momentos delicados como o vivido atualmente pela atividade:

  • Crie um planejamento para os próximos 90 dias

O segredo do produtor de sucesso é o planejamento. Em momentos incertos, é preciso realizar uma programação de curto prazo. “Desta forma, é possível ter uma melhor estimativa do mercado e do cenário de insumos, além de manter o que há de melhor bem cuidado dentro de casa, como as vacas com melhores índices de produção”, pontua Júlia.

  • Defina bem suas prioridades

É necessário fazer uma boa gestão dos lotes de animais, preservando vacas em início e pico de lactação. “Pontos como a saúde e reprodução do rebanho devem ser um tema inegociável no sistema produtivo”, enfatiza a veterinária.

  • Garanta a suplementação mineral para as vacas de leite

Vacas em lactação enfrentam grandes desafios metabólicos. A seleção por animais mais produtivos também levou a um rebanho com maiores necessidades para produção, saúde e reprodução. “Garantir uma nutrição que atenda a essas exigências é fundamental. A Connan indica o fornecimento diário de suplemento mineral completo, na dose de 50 a 80 g a cada 100 kg de peso vivo por animal”, completa Júlia.

  • Mensure seus resultados

“Quem não sabe se acertou ou errou, não tem chance de corrigir a estratégia para obter melhores resultados. A reavaliação do caminho a ser seguido é necessária e faz parte do processo de evolução do planejamento para o próximo período. O sucesso para momentos delicados é utilizar os recursos da forma mais racional e consciente”, conclui a médica-veterinária.

Sobre a Connan

Com sede em Boituva (SP) e filiais em Campo Verde (MT), São Gabriel D’Oeste (MS) e, a partir de setembro de 2020, em Araguari (MG), a Connan – Geração de Resultados iniciou suas atividades em 2004 e tem como principais acionistas os engenheiros agrônomos Fernando Penteado Cardoso Filho e Eduardo Penteado Cardoso, membros da família fundadora da empresa MANAH, do famoso slogan “Com MANAH adubando dá”, criado pelo patriarca Dr. Fernando Penteado Cardoso. Os dois irmãos, e sócios, também são detentores da patente Nelore Lemgruber, desenvolvendo e expandindo a genética na Fazenda Mundo Novo, localizada em Uberaba (MG).

Com mais de 150 representantes comerciais, a Connan é a única empresa nacional a produzir o próprio fosfato bicálcico - Aglomerax, o que lhe confere grande diferencial competitivo e garantia de qualidade dos produtos. Mais informações: http://www.connan.com.br.

Postar um comentário

0 Comentários