Em Goiânia, governador Ibaneis reforça importância do papel social das igrejas



Na Convenção Nacional das Assembleias de Deus Ministério de Madureira (Conamad), governador Ibaneis Rocha recebeu Diploma de Amigo dos templos religiosos

Fotos: Renato Alves.

O governador Ibaneis Rocha participou da Convenção Nacional das Assembleias de Deus Ministério de Madureira (Conamad), em Goiânia, nesta sexta-feira (27). O encontro com líderes religiosos ocorreu na sede da Assembleia de Deus Ministério Fama e serviu para o chefe do Executivo local agradecer o papel social das igrejas, que foi ainda mais importante e relevante durante a pandemia.

Ibaneis Rocha foi recebido pelo bispo primaz e presidente da Conamad, Manoel Ferreira, além de outros líderes religiosos do DF, Entorno e Goiás. O presidente Jair Bolsonaro também participou do evento.

"O que tenho feito todas as vezes que visito as igrejas é deixar minha palavra de agradecimento pelo trabalho que as igrejas de todo o país fizeram no período da pandemia", ressaltou o governador Ibaneis Rocha | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

"No Distrito Federal nós não fechamos as igrejas. Pelo contrário, nós as declaramos essenciais às vidas das pessoas", disse o governador, ao lembrar do início da pandemia, em 2020, quando muitos templos foram fechados em diversos estados e municípios.

"O que tenho feito todas as vezes que visito as igrejas é deixar minha palavra de agradecimento pelo trabalho que as igrejas de todo o país fizeram no período da pandemia, com acolhimento. As igrejas terminaram sendo o grande refúgio das famílias. A nós, governantes, resta o agradecimento a todas as igrejas pelo papel social", acrescentou Ibaneis Rocha.

O vice-presidente da Conamad, bispo Abener Ferreira, agradeceu o trabalho de regularização e apoio às igrejas do DF. "Fica aqui minha gratidão ao senhor Ibaneis Rocha. O outro governo ficou conhecido como derrubador de igrejas, e o senhor ficou conhecido como restaurador de igrejas. Agradeço pela regularização dos templos, não só evangélicos, mas de todos", disse, ao exibir o vídeo que ficou famoso do bispo Manoel Ferreira presenciando a derrubada de um templo.

Segundo dados da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), mais de 800 mil evangélicos vivem no DF, o que equivale a 30,8% da população.

Regularização
O Governo do Distrito Federal tem trabalhado na regularização de templos e entidades religiosas por meio do programa Igreja Legal, lançado em agosto de 2019. Desde então, cerca de 200 estabelecimentos do setor foram regularizados.

De acordo com o  Igreja Legal, os templos podem regularizar os imóveis de três formas: aquisição direta por escritura de compra e venda, com parcelamento sem juros em até 240 meses; Concessão de Direito Real de Uso, pagando 0,15% ao mês, com direito de compra a qualquer momento, ou Concessão de Direito Real de Uso com retribuição em moeda social, com direito de compra a qualquer momento.

Postar um comentário

0 Comentários