Serão oferecidas até 40 vagas em 30 cursos pelo Instituo Federal de Brasília

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, assinou hoje um acordo de parceria com o Instituto Federal de Brasília (IFB) para oferecer cursos gratuitos de formação e capacitação profissional nas áreas de infraestrutura e serviços de saúde.
 
"Vamos dar oportunidade de formação de recursos humanos que a rede precisa, atendendo o povo do DF de uma maneira mais barata e com recursos humanos mais qualificados", disse o chefe do Executivo local.
 
Serão oferecidos 30 cursos, voltados para adolescentes a partir dos 15 anos, com até 40 vagas. Os participantes receberão uma ajuda de R$ 6 por dia para alimentação.
 
Entre os cursos oferecidos estão os de marceneiro, operador de microcomputador, mecânico de automóvel leve, órteses e próteses, recepção em serviço de saúde, auxiliar administrativo e agente de endemias.
 
A capacitação será ministrada no Parque Industrial e Tecnológico da Secretaria de Saúde, que fica no Parque de Apoio do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA).
 
"Quando assumimos (a secretaria) nos deparamos com uma situação de precarização na saúde pública, especialmente nesta área, que estava, no governo passado, em processo de especulação imobiliária. Mas graças aos servidores da Saúde e ao nosso governo, vamos transformá-la em um moderno parque da saúde", disse o secretário de Saúde Rafael Barbosa.
 
Segundo o presidente da Associação dos Profissionais de Saúde Pública do DF, Helvécio Ferreira da Silva, o investimento em formação profissional nessa área diminuirá a dependência do SUS de serviços terceirizados.
 
"Se quebra uma roda da ambulância, todo o processo para porque ninguém conserta. Não podemos ficar reféns da medicina mercantilista privada. O governador está estabelecendo uma correção de rumo, com uma política estruturante da saúde", explicou.
 
Participaram da solenidade de assinatura da parceria o reitor do IFB, Wilson Conciani, o administrador do SAI, José Tenório, e demais autoridades.