Agronegócio goiano brilha em competição global com "Mix do Bem"

Mix do Bem é reconhecido internacionalmente pelo combate à fome e ao desperdício (Foto: Aline Cabral)

Mix do Bem ganha concurso internacional de sustentabilidade


Por Kattia Barreto - Agência Cora Coralina

O Mix do Bem, produzido pelo Banco de Alimentos do governo estadual e distribuído pelo Goiás Social a famílias em situação de vulnerabilidade social, foi vencedor do concurso internacional Fab City Awards 2024.

O alimento, que faz parte das ações estaduais de combate à fome e à insegurança alimentar foi eleito na categoria “Melhor Projeto Ecossistema”, que elege iniciativas que promovem a sustentabilidade e combatem o desperdício.

Mix do Bem

O concurso foi promovido pela Fab City Foundation, instituição de Barcelona, com sede na Estônia, e contou com um júri formado por representantes do Brasil, Canadá, Peru e Alemanha. Em data ainda a ser informada, o Governo de Goiás e a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), gestora do Banco de Alimentos, receberão selo de reconhecimento pela produção do Mix do Bem.

“É uma honra saber que uma iniciativa criada pelo Governo de Goiás, o Mix do Bem, teve reconhecimento internacional. O combate à fome e ao desperdício é uma luta de todos nós”, frisa a presidente de honra da OVG e coordenadora do Goiás Social, primeira-dama Gracinha Caiado, que ainda destaca: “Não podemos nos conformar que tanta gente continue passando fome em 2024, com tantos saberes e tecnologias disponíveis. Em Goiás, o governador Ronaldo Caiado tem sempre procurado inovar e melhorar a vida daqueles que mais precisam”.

O Mix do Bem é produzido pelo Programa NutreBem do Banco de Alimentos do Governo de Goiás. Contém arroz, proteína de soja e vegetais desidratados como tomate e cenoura, além de alho e cebola. Cada pacote produz dez porções de 100 gramas. A iniciativa também engloba frutas desidratadas embaladas à vácuo.

O NutreBem utiliza o excedente alimentar coletado diariamente pelo Banco de Alimentos junto a permissionários e produtores rurais que trabalham na Centrais de Abastecimento de Goiás (Ceasa). São frutas, verduras, legumes e hortaliças que não possuem valor comercial, mas que estão totalmente adequadas para o consumo humano.

A desidratação e a inovação tecnológica usadas na produção aumentam a vida útil dos alimentos, evitando o desperdício. Com isso, o Goiás Social tem a possibilidade de ajudar mais famílias em situação de insegurança alimentar, principalmente as que moram em regiões mais distantes da capital e de difícil acesso.

Alimentos naturais

Nutricionista e gerente do Banco de Alimentos, Marília Araújo informa que o Mix do Bem e as frutas desidratadas não possuem nenhum tipo de conservantes ou aditivos de caráter industrial. São alimentos ricos em fibras, vitaminas, minerais e proteínas, além fontes de carboidrato.

“As intervenções tecnológicas que utilizamos mantêm a qualidade dos alimentos e garantem que estejam o mais natural possível, dando prazer a quem os come. Eles contemplam toda a tabela nutricional, combatendo a insegurança alimentar e nutricional”.

Desde outubro de 2021, já foram distribuídas 730 mil unidades do Mix do Bem. Mais de 124 mil famílias em situação de vulnerabilidade social e 1.229 instituições sociais de 172 municípios goianos foram beneficiadas com o alimento produzido pelo Governo de Goiás. Em maio, 10 mil pacotes de Mix do Bem foram enviados para as vítimas dos temporais no Rio Grande do Sul.

A faxineira Luciene Ferreira Leite, 48 anos, faz parte das famílias goianas beneficiadas pelo NutreBem. Ela conta que o dinheiro que recebe com os trabalhos esporádicos é insuficiente. Com a instabilidade de renda, o Mix do Bem tem sido a garantia alimentar dela e da família.

“Lá em casa, somos cinco pessoas. Um pacote do Mix dá para gente almoçar e, às vezes, até jantar. Ele rende bem, é fácil de fazer, fica bem gostoso e soltinho. É muito bom e garante comida na mesa”, relata.

Emerson Tormann

Técnico Industrial em Elétrica e Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem