Cadastro no Portal da Comunidade busca identificar projetos sociais do DF

Com o cadastro, o GDF vai ficar mais perto das iniciativas de projetos sociais, associações, ONGs e Oscips | Foto: Paulo H Carvalho/ Agência Brasília
Com o cadastro, o GDF vai ficar mais perto das iniciativas de projetos sociais, associações, ONGs e Oscips | Foto: Paulo H Carvalho/ Agência Brasília

Objetivo do registro é aproximar o governo das iniciativas realizadas nas 35 regiões administrativas em prol da população


Adriana Izel, da Agência Brasília | Edição: Vinicius Nader

O Governo do Distrito Federal (GDF) abriu o cadastro para projetos sociais, associações, organizações não governamentais (ONGs) e organizações da sociedade civil de interesse público (Oscips) no Portal da Comunidade, gerido pela Secretaria de Atendimento à Comunidade (Seac-DF).

O objetivo do registro é identificar projetos em cada uma das 35 regiões administrativas do DF para aproximar o governo das iniciativas, facilitando a participação em ações voltadas para a população, como prestação de serviço, oficinas e cursos de qualificação.

"Os cadastros realizados pelos projetos sociais que atuam em suas comunidades são de suma importância para o governo e principalmente para o terceiro setor", afirma a secretária de Atendimento à Comunidade, Clara Roriz.

"Precisamos conhecê-los e entender o trabalho realizado em suas comunidades, a quantidade de pessoas assistidas, com o objetivo de ajudá-los e chamá-los para as ações oferecidas pelo governo e principalmente para entender quais são as necessidades de cada projeto social", explica.

Como cadastrar

O cadastro deve ser feito no site da Seac, na aba Cadastrar. Depois da criação do login, as organizações devem acessar a seção Rede de Projetos Sociais – Projetos Comunitários. A partir daí, os registros são recebidos pelo sistema e passam por uma triagem.

Agentes da Seac também conduzirão visitas às sedes dos projetos para analisar as urgências e fornecer esclarecimentos sobre documentação, elaboração de planos de trabalho e prestação de contas.

Só em 2023, a atuação conjunta entre governo e entidades resultou no atendimento a 629 projetos distribuídos em 35 regiões administrativas, promovendo bem-estar social e fortalecimento das comunidades.

Emerson Tormann

Técnico Industrial em Elétrica e Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem