Seleções brasilienses de voleibol sub-17 feminina e sub-18 masculina são apresentadas em cerimônia na CLDF



Na cerimônia, foram entregues os uniformes de treinamento das equipes, fruto de emenda parlamentar de Delmasso


Os 36 atletas das seleções brasilienses de voleibol sub-17 feminina e sub-18 masculina foram apresentados em cerimônia realizada no auditório da Câmara Legislativa, na noite desta quarta-feira (3). Eles representarão o Distrito Federal no Campeonato Brasileiro de Seleções, a ser realizado em Saquarema, no Rio de Janeiro, em março. O presidente da Federação de Vôlei do DF (FVDF), Sérgio Lemos, parabenizou e desejou sucesso aos convocados: "Esse é o grande pontapé inicial da carreira de vocês".

Lemos também agradeceu ao deputado Rodrigo Delmasso (Republicanos), por ser "o padrinho do voleibol de Brasília". Segundo o coordenador de Competições da FVDF, Humberto de Freitas, essa foi a primeira convocação oficial já realizada pela entidade, o que deve ocorrer como regra a partir desse ano, incluindo as demais seleções. Em sua fala, ele demostrou confiança nas equipes e incentivou os atletas: "Tenho certeza que vamos fazer um bom brasileiro. Estamos juntos".

Na cerimônia, foram entregues os uniformes de treinamento das equipes, fruto de emenda parlamentar de Delmasso. O distrital relatou sua experiência como jogador de vôlei, o que incluiu a convocação para seleção juvenil brasiliense, destacando as dificuldades que os atletas enfrentam. Ele contou que precisou abandonar o esporte, ainda adolescente, para trabalhar. "Minha história é a de centenas de atletas, de qualquer modalidade, que têm os seus sonhos enterrados por causa da falta de incentivo".

Projetos - Delmasso destacou alguns projetos de sua autoria que visam ao fortalecimento do esporte no DF, como o PL 2467/2021, que estabelece a Política Distrital de Fomento ao Voleibol; a criação do Vale Transporte Esportista (PL 1710/2021); e a Lei Nº 6.791, que garante ao estudante-atleta a dispensa das aulas durante o período em que esteja atuando nas competições oficiais, bem como a realização de provas em data ou horário alternativo, em caso de coincidência entre o calendário escolar e o calendário esportivo.

O distrital frisou que "trabalha" para que a FVDF tenha uma sede própria, "que será um ginásio", e para que a TV Câmara Legislativa transmita os jogos brasilienses de vôlei de quadra e de praia. "Independentemente da posição em que eu estiver, eu vou estar lutando para que vocês não enterrem os sonhos por falta de apoio, por isso propus a convocação aqui", afirmou Delmasso.

Postar um comentário

0 Comentários