Gigante do agronegócio aumenta satisfação dos clientes com apoio da tecnologia SoftExpert Suite

 



A Sementes Jotabasso, com capacidade produtiva de 30 mil toneladas por ano, automatizou o processo de embarque de insumos permitindo o acompanhamento das etapas do fluxo por WhatsApp

 A Sementes Jotabasso, uma das maiores produtoras de sementes de soja do Brasil, automatizou o processo de embarque de insumos em suas cinco unidades produtivas com a implementação da solução SoftExpert Suite - uma plataforma corporativa para a gestão integrada da conformidade, inovação e transformação digital, garantindo mais eficiência e satisfação do cliente.

Com uma área total de 100 mil hectares, a empresa dedica-se ao cultivo de sementes de soja e grãos, tais como sorgo, trigo, aveia, entre outras, e também aposta na diversificação de negócios atuando com lavoura-pecuária e genética animal. A tecnologia está presente no DNA da Jotabasso, que tem como propósito continuar a expandir seus negócios entregando sementes com altíssimo potencial produtivo aos produtores rurais.

Para acompanhar essa evolução tecnológica, a Jotabasso identificou a necessidade de automatizar todo o sistema de embarque com o objetivo de melhorar a experiência do consumidor. O gerente de BI da Sementes Jotabasso, Maikon Abati, explica que o principal desafio era gerenciar a logística de transporte dos insumos. “Nós buscávamos uma solução que nos ajudasse a ter visibilidade sobre todas as etapas do processo de entrega e que nossos clientes pudessem acompanhar o status dos pedidos”, enfatiza.

A organização, que vem investindo fortemente em infraestrutura - somente nos últimos três anos foram mais de 300 milhões de reais, implantou a ferramenta SoftExpert Suite para gerenciamento de todo o fluxo de transporte de cargas. Inclusive, Abati conta que foi criada uma área exclusiva de embarque, responsável por conduzir esse projeto. “Com a solução, que oferece visões profundas do negócio por meio de painéis, dashboards e notificações, agora, a liderança tem segurança e maturidade para avaliar quais são os pontos críticos, se os prazos estão sendo cumpridos e quais são as maiores dores dos clientes”, reforça.

Tão importante quando adquirir produtos de qualidade, os produtores precisam receber seus insumos no prazo correto, principalmente por conta da janela de plantio que dura em média 30 dias e, de acordo com Abati, esse foi principal ganho com a automação dos processos: permitir uma experiência completa ao cliente, com agilidade e transparência.

“Hoje, após três meses de implantação do software, com papéis funcionais, responsabilidades e SLAs bem definidos, nós temos visibilidade real de todas as etapas e o nosso cliente também consegue monitorar pelo chatbot em que fase está o carregamento, rastrear em tempo real o caminhão, e ainda recebe notificações, de forma automática, por e-mail e WhatsApp, tudo integrado à plataforma SoftExpert Suite”, declara.

Atualmente, além do departamento de embarque, os setores de logística, financeiro, comercial, fiscal, armazenagem e administrativo são os que mais utilizam a solução, e a expectativa da companhia é desenvolver uma estrutura de CSC (Centro de Serviços Compartilhados) para atender todas as áreas da empresa com o software e, consequentemente, entregar produtos cada vez mais alinhados às expectativas dos consumidores.

Postar um comentário

0 Comentários