Metodologia desenvolvida pela Becomex eleva eficiência do Agronegócio

Business Colaboration Chain oferece redução de custos, geração de caixa e monetização de créditos tributários


Metodologia foi desenvolvida para garantir que toda a cadeia produtiva seja beneficiada com o projeto e não somente uma das partes

O complexo sistema tributário brasileiro é um dos fatores que mais desafiam a eficiência do setor agrícola nacional. Com o propósito de reduzir custos e garantir maior geração de caixa, a Becomex criou um abrangente processo para monetização de créditos tributários. Trata-se do Business Collaboration Chain – BCC, estratégia capaz de beneficiar toda as empresas que atuam no segmento agrícola.

Com o BCC, as empresas atuam com mais estratégia e inteligência fiscal, de forma colaborativa, de modo a garantir benefícios tributários ao longo de toda cadeia produtiva. “O resultado imediato é que todos os participantes são beneficiados com incentivos fiscais nas operações de compra e vendas de componentes e insumos tanto no interno como, também, no externo. Com mais eficiência e, sobretudo, maior disponibilidade financeira no processo, os produtos agrícolas nacionais ganham em competitividade e eficiência”, diz Mauricio de Moura, Diretor Corporativo de Agronegócio da Becomex.

A estratégia BCC é perfeitamente aplicável em vários setores produtivos do Agronegócio. Todos podem, de uma forma ou outra, fazer uso e não apenas as montadoras de máquinas e implementos agrícolas, por exemplo.

Por dentro do Business Collaboration Chain
O Business Collaboration Chain – BCC foi desenvolvido para garantir que toda a cadeia produtiva seja beneficiada com o projeto e não somente uma das partes. A Becomex, além de gerir o projeto via BPO, promove um completo mapeamento dos fornecedores e elos da cadeia produtiva que farão parte do projeto e realiza os estudos que viabilizam a gestão integrada que compõem a estratégia.

Um bom exemplo de uso do BCC são os impostos de importação de insumos, utilizados na criação de aves destinadas à exportação. Durante o ciclo da criação, são aplicadas diversas vacinas com insumos importados, que muitas vezes são adquiridos no mercado local com o pagamento de tributos. O imposto de importação, além de outros tantos impostos, é um dos componentes desta carga tributária.

“Quando as aves são destinadas à exportação, pode-se aplicar Regimes Especiais Integrados que desonerem estes tributos, revendo a matriz tributária e criando mecanismos para melhorar a eficiência dos impostos com redução de custos e, muitas vezes, também do seu acúmulo”, explica Moura.

Resultados em outros importantes setores
No segmento Automotivo o BCC foi testado e aprovado e, a partir dele, há ganhos importantes quando um projeto de colaboração na cadeia produtiva é implementado. Veja abaixo os principais resultados observados com a aplicação do BCC:
Maior fidelização entre as empresas participantes, pois todos os elos da cadeia produtiva mantêm as transações comerciais para que os ganhos sejam contínuos.
Aumento das vendas na cadeia produtiva como um todo, uma vez que ela se tornará mais competitiva
Melhoria do fluxo de caixa das empresas, pois o pagamento dos impostos será realizado na venda dos produtos ao consumidor final e não mais na compra dos insumos e
O Brasil ampliar a sua força no Agronegócio em virtude da redução dos custos nos produtos exportados.

“Além do Agronegócio, a Becomex apoia empresas de mais de 40 segmentos diferentes, tendo alcançado redução de custos na casa dos R$7 bilhões e cerca de R$9 bilhões em redução de carga tributária”, finaliza o executivo.

Postar um comentário

0 Comentários